404 Error - page not found
We're sorry, but the page you are looking for doesn't exist.
You can go to the homepage

OUR LATEST POSTS

Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014 – Edmundo era o camisa 10 do Vasco. Eurico Miranda, o vice-presidente de futebol e Roberto Dinamite estava recém-aposentado. Era essa a situação do Vasco na última vez que o time de São Januário venceu o Paraná na capital paranaense – 2 a 1, gols do Animal e de Paulo Miranda, em 1996. Dezoito anos mais tarde, com Edmundo como principal cabo eleitoral contra Eurico Miranda e próximo da despedida de Dinamite da presidência, o Vasco tem uma missão importante para continuar sua caminhada de volta à Série A. Com adversários próximos do G-4, o time carioca enfrenta o Paraná na Vila Capanema em busca de uma vitória que o mantenha tranquilo. Do outro lado, os paranaenses querem se afastar de vez da zona de rebaixamento.

O discurso no Tricolor não é de temer o Vasco em casa. O time do técnico Ricardinho não perde na Vila Capanema há seis jogos e o treinador quer ver um jogo aberto com chances para os dois lados. Além disso, o Tricolor precisa dos pontos para ficar em situação mais confortável e não fazer contas para evitar a zona de rebaixamento na reta final. O time está em 13º lugar, com 40 pontos, a cinco do Z-4.

Do lado cruz-maltino, o técnico Joel Santana não confirmou a equipe, mas deve fazer algumas mudanças em relação ao time que empatou com a Ponte Preta no último sábado em São Januário. Com 55 pontos, o Vasco está atrás dos paulistas, que têm 61, e do Joinville, com 63, na liderança. Logo abaixo, o Avaí, último no grupo de classificação de volta à elite do futebol brasileiro, tem 52, seguido pelo Santa Cruz e Ceará, 51 e 50 pontos, respectivamente. Joel ainda lamenta as duas derrotas consecutivas das partidas no Nordeste – 1 a 0 para o Santa Cruz, 2 a 0 para o América-RN.

– Quando olhamos no retrovisor apareceram três atrás da gente. Todo mundo quer pisar no nosso calo. Tem duas equipes classificadas e duas vagas para seis equipes. Nove pontos já deve dar, eu acho. Para o Joinville falta uma vitória e para a Ponte, uma vitória e um empate. Quem tem que correr atrás somos nós e essa galera que vem atrás – disse o técnico do Vasco.Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014

A partida terá um trio de arbitragem paulista. Flávio Rodrigues Guerra apita, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto. O Premiere e o SporTV transmitem o duelo ao vivo. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances em tempo real, com vídeos.

Escalações

Paraná: o técnico Ricardinho definiu o time no meio da semana e não escondeu as mudanças. Saem o zagueiro Alisson, vetado pelo departamento médico, e o lateral-esquerdo Paulinho, que foi liberado pela diretoria. Entram Alef na zaga e Yan na lateral, que estreia no time. A escalação deve ser: Marcos; Chiquinho, Cleiton, Alef e Yan; Edson Sitta, Ricardinho, Lucio Flavio e Thiago Humberto; Carlinhos e Adaílton.

Vasco: o técnico Joel Santana deve fazer pelo menos quatro alterações em relação ao time que empatou com a Ponte Preta. Apenas uma por opção: a entrada de Carlos César no lugar de Diego Renan na lateral direita. Na zaga, Luan substitui o lesionado Douglas Silva. Já no meio, dois retornos: Douglas, após suspensão, e Pedro Ken, recuperado de um edema no ombro. O Vasco deve ir a campo com Martin Silva, Carlos Cesar, Luan, Rodrigo e Lorran; Guiñazu, Aranda, Pedro Ken e Douglas; Maxi Rodriguez e Kleber.

Desfalques

Paraná: O zagueiro Alisson está vetado pelo departamento médico.

Vasco: Jomar segue em recuperação de lesão. Já Douglas Silva sofreu uma grave torção no tornozelo direito na última rodada e também não joga. O garoto Lucas Crispim, com estiramento, é outro desfalque vascaíno para a partida.

Pendurados

Paraná: Arthur, Edson Sitta, Giancarlo, Thiago Humberto e Tiago Alves.

Vasco: Carlos César, Dakson, Diego Renan, Diogo Silva, Guilherme Biteco, Guiñazu, Henrique, Kleber, Marlon e Rodrigo.

Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014 – Edmundo era o camisa 10 do Vasco. Eurico Miranda, o vice-presidente de futebol e Roberto Dinamite estava recém-aposentado. Era essa a situação do Vasco na última vez que o time de São Januário venceu o Paraná na capital paranaense – 2 a 1, gols do Animal e de Paulo Miranda, em 1996. Dezoito anos mais tarde, com Edmundo como principal cabo eleitoral contra Eurico Miranda e próximo da despedida de Dinamite da presidência, o Vasco tem uma missão importante para continuar sua caminhada de volta à Série A. Com adversários próximos do G-4, o time carioca enfrenta o Paraná na Vila Capanema em busca de uma vitória que o mantenha tranquilo. Do outro lado, os paranaenses querem se afastar de vez da zona de rebaixamento.

O discurso no Tricolor não é de temer o Vasco em casa. O time do técnico Ricardinho não perde na Vila Capanema há seis jogos e o treinador quer ver um jogo aberto com chances para os dois lados. Além disso, o Tricolor precisa dos pontos para ficar em situação mais confortável e não fazer contas para evitar a zona de rebaixamento na reta final. O time está em 13º lugar, com 40 pontos, a cinco do Z-4.

Do lado cruz-maltino, o técnico Joel Santana não confirmou a equipe, mas deve fazer algumas mudanças em relação ao time que empatou com a Ponte Preta no último sábado em São Januário. Com 55 pontos, o Vasco está atrás dos paulistas, que têm 61, e do Joinville, com 63, na liderança. Logo abaixo, o Avaí, último no grupo de classificação de volta à elite do futebol brasileiro, tem 52, seguido pelo Santa Cruz e Ceará, 51 e 50 pontos, respectivamente. Joel ainda lamenta as duas derrotas consecutivas das partidas no Nordeste – 1 a 0 para o Santa Cruz, 2 a 0 para o América-RN.

– Quando olhamos no retrovisor apareceram três atrás da gente. Todo mundo quer pisar no nosso calo. Tem duas equipes classificadas e duas vagas para seis equipes. Nove pontos já deve dar, eu acho. Para o Joinville falta uma vitória e para a Ponte, uma vitória e um empate. Quem tem que correr atrás somos nós e essa galera que vem atrás – disse o técnico do Vasco.Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014

A partida terá um trio de arbitragem paulista. Flávio Rodrigues Guerra apita, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto. O Premiere e o SporTV transmitem o duelo ao vivo. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances em tempo real, com vídeos.

Escalações

Paraná: o técnico Ricardinho definiu o time no meio da semana e não escondeu as mudanças. Saem o zagueiro Alisson, vetado pelo departamento médico, e o lateral-esquerdo Paulinho, que foi liberado pela diretoria. Entram Alef na zaga e Yan na lateral, que estreia no time. A escalação deve ser: Marcos; Chiquinho, Cleiton, Alef e Yan; Edson Sitta, Ricardinho, Lucio Flavio e Thiago Humberto; Carlinhos e Adaílton.

Vasco: o técnico Joel Santana deve fazer pelo menos quatro alterações em relação ao time que empatou com a Ponte Preta. Apenas uma por opção: a entrada de Carlos César no lugar de Diego Renan na lateral direita. Na zaga, Luan substitui o lesionado Douglas Silva. Já no meio, dois retornos: Douglas, após suspensão, e Pedro Ken, recuperado de um edema no ombro. O Vasco deve ir a campo com Martin Silva, Carlos Cesar, Luan, Rodrigo e Lorran; Guiñazu, Aranda, Pedro Ken e Douglas; Maxi Rodriguez e Kleber.

Desfalques

Paraná: O zagueiro Alisson está vetado pelo departamento médico.

Vasco: Jomar segue em recuperação de lesão. Já Douglas Silva sofreu uma grave torção no tornozelo direito na última rodada e também não joga. O garoto Lucas Crispim, com estiramento, é outro desfalque vascaíno para a partida.

Pendurados

Paraná: Arthur, Edson Sitta, Giancarlo, Thiago Humberto e Tiago Alves.

Vasco: Carlos César, Dakson, Diego Renan, Diogo Silva, Guilherme Biteco, Guiñazu, Henrique, Kleber, Marlon e Rodrigo.

Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014 – Edmundo era o camisa 10 do Vasco. Eurico Miranda, o vice-presidente de futebol e Roberto Dinamite estava recém-aposentado. Era essa a situação do Vasco na última vez que o time de São Januário venceu o Paraná na capital paranaense – 2 a 1, gols do Animal e de Paulo Miranda, em 1996. Dezoito anos mais tarde, com Edmundo como principal cabo eleitoral contra Eurico Miranda e próximo da despedida de Dinamite da presidência, o Vasco tem uma missão importante para continuar sua caminhada de volta à Série A. Com adversários próximos do G-4, o time carioca enfrenta o Paraná na Vila Capanema em busca de uma vitória que o mantenha tranquilo. Do outro lado, os paranaenses querem se afastar de vez da zona de rebaixamento.

O discurso no Tricolor não é de temer o Vasco em casa. O time do técnico Ricardinho não perde na Vila Capanema há seis jogos e o treinador quer ver um jogo aberto com chances para os dois lados. Além disso, o Tricolor precisa dos pontos para ficar em situação mais confortável e não fazer contas para evitar a zona de rebaixamento na reta final. O time está em 13º lugar, com 40 pontos, a cinco do Z-4.

Do lado cruz-maltino, o técnico Joel Santana não confirmou a equipe, mas deve fazer algumas mudanças em relação ao time que empatou com a Ponte Preta no último sábado em São Januário. Com 55 pontos, o Vasco está atrás dos paulistas, que têm 61, e do Joinville, com 63, na liderança. Logo abaixo, o Avaí, último no grupo de classificação de volta à elite do futebol brasileiro, tem 52, seguido pelo Santa Cruz e Ceará, 51 e 50 pontos, respectivamente. Joel ainda lamenta as duas derrotas consecutivas das partidas no Nordeste – 1 a 0 para o Santa Cruz, 2 a 0 para o América-RN.

– Quando olhamos no retrovisor apareceram três atrás da gente. Todo mundo quer pisar no nosso calo. Tem duas equipes classificadas e duas vagas para seis equipes. Nove pontos já deve dar, eu acho. Para o Joinville falta uma vitória e para a Ponte, uma vitória e um empate. Quem tem que correr atrás somos nós e essa galera que vem atrás – disse o técnico do Vasco.Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014

A partida terá um trio de arbitragem paulista. Flávio Rodrigues Guerra apita, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto. O Premiere e o SporTV transmitem o duelo ao vivo. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances em tempo real, com vídeos.

Escalações

Paraná: o técnico Ricardinho definiu o time no meio da semana e não escondeu as mudanças. Saem o zagueiro Alisson, vetado pelo departamento médico, e o lateral-esquerdo Paulinho, que foi liberado pela diretoria. Entram Alef na zaga e Yan na lateral, que estreia no time. A escalação deve ser: Marcos; Chiquinho, Cleiton, Alef e Yan; Edson Sitta, Ricardinho, Lucio Flavio e Thiago Humberto; Carlinhos e Adaílton.

Vasco: o técnico Joel Santana deve fazer pelo menos quatro alterações em relação ao time que empatou com a Ponte Preta. Apenas uma por opção: a entrada de Carlos César no lugar de Diego Renan na lateral direita. Na zaga, Luan substitui o lesionado Douglas Silva. Já no meio, dois retornos: Douglas, após suspensão, e Pedro Ken, recuperado de um edema no ombro. O Vasco deve ir a campo com Martin Silva, Carlos Cesar, Luan, Rodrigo e Lorran; Guiñazu, Aranda, Pedro Ken e Douglas; Maxi Rodriguez e Kleber.

Desfalques

Paraná: O zagueiro Alisson está vetado pelo departamento médico.

Vasco: Jomar segue em recuperação de lesão. Já Douglas Silva sofreu uma grave torção no tornozelo direito na última rodada e também não joga. O garoto Lucas Crispim, com estiramento, é outro desfalque vascaíno para a partida.

Pendurados

Paraná: Arthur, Edson Sitta, Giancarlo, Thiago Humberto e Tiago Alves.

Vasco: Carlos César, Dakson, Diego Renan, Diogo Silva, Guilherme Biteco, Guiñazu, Henrique, Kleber, Marlon e Rodrigo.

Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014 – Edmundo era o camisa 10 do Vasco. Eurico Miranda, o vice-presidente de futebol e Roberto Dinamite estava recém-aposentado. Era essa a situação do Vasco na última vez que o time de São Januário venceu o Paraná na capital paranaense – 2 a 1, gols do Animal e de Paulo Miranda, em 1996. Dezoito anos mais tarde, com Edmundo como principal cabo eleitoral contra Eurico Miranda e próximo da despedida de Dinamite da presidência, o Vasco tem uma missão importante para continuar sua caminhada de volta à Série A. Com adversários próximos do G-4, o time carioca enfrenta o Paraná na Vila Capanema em busca de uma vitória que o mantenha tranquilo. Do outro lado, os paranaenses querem se afastar de vez da zona de rebaixamento.

O discurso no Tricolor não é de temer o Vasco em casa. O time do técnico Ricardinho não perde na Vila Capanema há seis jogos e o treinador quer ver um jogo aberto com chances para os dois lados. Além disso, o Tricolor precisa dos pontos para ficar em situação mais confortável e não fazer contas para evitar a zona de rebaixamento na reta final. O time está em 13º lugar, com 40 pontos, a cinco do Z-4.

Do lado cruz-maltino, o técnico Joel Santana não confirmou a equipe, mas deve fazer algumas mudanças em relação ao time que empatou com a Ponte Preta no último sábado em São Januário. Com 55 pontos, o Vasco está atrás dos paulistas, que têm 61, e do Joinville, com 63, na liderança. Logo abaixo, o Avaí, último no grupo de classificação de volta à elite do futebol brasileiro, tem 52, seguido pelo Santa Cruz e Ceará, 51 e 50 pontos, respectivamente. Joel ainda lamenta as duas derrotas consecutivas das partidas no Nordeste – 1 a 0 para o Santa Cruz, 2 a 0 para o América-RN.

– Quando olhamos no retrovisor apareceram três atrás da gente. Todo mundo quer pisar no nosso calo. Tem duas equipes classificadas e duas vagas para seis equipes. Nove pontos já deve dar, eu acho. Para o Joinville falta uma vitória e para a Ponte, uma vitória e um empate. Quem tem que correr atrás somos nós e essa galera que vem atrás – disse o técnico do Vasco.Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014

A partida terá um trio de arbitragem paulista. Flávio Rodrigues Guerra apita, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto. O Premiere e o SporTV transmitem o duelo ao vivo. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances em tempo real, com vídeos.

Escalações

Paraná: o técnico Ricardinho definiu o time no meio da semana e não escondeu as mudanças. Saem o zagueiro Alisson, vetado pelo departamento médico, e o lateral-esquerdo Paulinho, que foi liberado pela diretoria. Entram Alef na zaga e Yan na lateral, que estreia no time. A escalação deve ser: Marcos; Chiquinho, Cleiton, Alef e Yan; Edson Sitta, Ricardinho, Lucio Flavio e Thiago Humberto; Carlinhos e Adaílton.

Vasco: o técnico Joel Santana deve fazer pelo menos quatro alterações em relação ao time que empatou com a Ponte Preta. Apenas uma por opção: a entrada de Carlos César no lugar de Diego Renan na lateral direita. Na zaga, Luan substitui o lesionado Douglas Silva. Já no meio, dois retornos: Douglas, após suspensão, e Pedro Ken, recuperado de um edema no ombro. O Vasco deve ir a campo com Martin Silva, Carlos Cesar, Luan, Rodrigo e Lorran; Guiñazu, Aranda, Pedro Ken e Douglas; Maxi Rodriguez e Kleber.

Desfalques

Paraná: O zagueiro Alisson está vetado pelo departamento médico.

Vasco: Jomar segue em recuperação de lesão. Já Douglas Silva sofreu uma grave torção no tornozelo direito na última rodada e também não joga. O garoto Lucas Crispim, com estiramento, é outro desfalque vascaíno para a partida.

Pendurados

Paraná: Arthur, Edson Sitta, Giancarlo, Thiago Humberto e Tiago Alves.

Vasco: Carlos César, Dakson, Diego Renan, Diogo Silva, Guilherme Biteco, Guiñazu, Henrique, Kleber, Marlon e Rodrigo.

parana-vasco-8928239uj93

Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014 – Edmundo era o camisa 10 do Vasco. Eurico Miranda, o vice-presidente de futebol e Roberto Dinamite estava recém-aposentado. Era essa a situação do Vasco na última vez que o time de São Januário venceu o Paraná na capital paranaense – 2 a 1, gols do Animal e de Paulo Miranda, em 1996. Dezoito anos mais tarde, com Edmundo como principal cabo eleitoral contra Eurico Miranda e próximo da despedida de Dinamite da presidência, o Vasco tem uma missão importante para continuar sua caminhada de volta à Série A. Com adversários próximos do G-4, o time carioca enfrenta o Paraná na Vila Capanema em busca de uma vitória que o mantenha tranquilo. Do outro lado, os paranaenses querem se afastar de vez da zona de rebaixamento.

O discurso no Tricolor não é de temer o Vasco em casa. O time do técnico Ricardinho não perde na Vila Capanema há seis jogos e o treinador quer ver um jogo aberto com chances para os dois lados. Além disso, o Tricolor precisa dos pontos para ficar em situação mais confortável e não fazer contas para evitar a zona de rebaixamento na reta final. O time está em 13º lugar, com 40 pontos, a cinco do Z-4.

Do lado cruz-maltino, o técnico Joel Santana não confirmou a equipe, mas deve fazer algumas mudanças em relação ao time que empatou com a Ponte Preta no último sábado em São Januário. Com 55 pontos, o Vasco está atrás dos paulistas, que têm 61, e do Joinville, com 63, na liderança. Logo abaixo, o Avaí, último no grupo de classificação de volta à elite do futebol brasileiro, tem 52, seguido pelo Santa Cruz e Ceará, 51 e 50 pontos, respectivamente. Joel ainda lamenta as duas derrotas consecutivas das partidas no Nordeste – 1 a 0 para o Santa Cruz, 2 a 0 para o América-RN.

– Quando olhamos no retrovisor apareceram três atrás da gente. Todo mundo quer pisar no nosso calo. Tem duas equipes classificadas e duas vagas para seis equipes. Nove pontos já deve dar, eu acho. Para o Joinville falta uma vitória e para a Ponte, uma vitória e um empate. Quem tem que correr atrás somos nós e essa galera que vem atrás – disse o técnico do Vasco.Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014

A partida terá um trio de arbitragem paulista. Flávio Rodrigues Guerra apita, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto. O Premiere e o SporTV transmitem o duelo ao vivo. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances em tempo real, com vídeos.

Escalações

Paraná: o técnico Ricardinho definiu o time no meio da semana e não escondeu as mudanças. Saem o zagueiro Alisson, vetado pelo departamento médico, e o lateral-esquerdo Paulinho, que foi liberado pela diretoria. Entram Alef na zaga e Yan na lateral, que estreia no time. A escalação deve ser: Marcos; Chiquinho, Cleiton, Alef e Yan; Edson Sitta, Ricardinho, Lucio Flavio e Thiago Humberto; Carlinhos e Adaílton.

Vasco: o técnico Joel Santana deve fazer pelo menos quatro alterações em relação ao time que empatou com a Ponte Preta. Apenas uma por opção: a entrada de Carlos César no lugar de Diego Renan na lateral direita. Na zaga, Luan substitui o lesionado Douglas Silva. Já no meio, dois retornos: Douglas, após suspensão, e Pedro Ken, recuperado de um edema no ombro. O Vasco deve ir a campo com Martin Silva, Carlos Cesar, Luan, Rodrigo e Lorran; Guiñazu, Aranda, Pedro Ken e Douglas; Maxi Rodriguez e Kleber.

Desfalques

Paraná: O zagueiro Alisson está vetado pelo departamento médico.

Vasco: Jomar segue em recuperação de lesão. Já Douglas Silva sofreu uma grave torção no tornozelo direito na última rodada e também não joga. O garoto Lucas Crispim, com estiramento, é outro desfalque vascaíno para a partida.

Pendurados

Paraná: Arthur, Edson Sitta, Giancarlo, Thiago Humberto e Tiago Alves.

Vasco: Carlos César, Dakson, Diego Renan, Diogo Silva, Guilherme Biteco, Guiñazu, Henrique, Kleber, Marlon e Rodrigo.

Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014 – Edmundo era o camisa 10 do Vasco. Eurico Miranda, o vice-presidente de futebol e Roberto Dinamite estava recém-aposentado. Era essa a situação do Vasco na última vez que o time de São Januário venceu o Paraná na capital paranaense – 2 a 1, gols do Animal e de Paulo Miranda, em 1996. Dezoito anos mais tarde, com Edmundo como principal cabo eleitoral contra Eurico Miranda e próximo da despedida de Dinamite da presidência, o Vasco tem uma missão importante para continuar sua caminhada de volta à Série A. Com adversários próximos do G-4, o time carioca enfrenta o Paraná na Vila Capanema em busca de uma vitória que o mantenha tranquilo. Do outro lado, os paranaenses querem se afastar de vez da zona de rebaixamento.

O discurso no Tricolor não é de temer o Vasco em casa. O time do técnico Ricardinho não perde na Vila Capanema há seis jogos e o treinador quer ver um jogo aberto com chances para os dois lados. Além disso, o Tricolor precisa dos pontos para ficar em situação mais confortável e não fazer contas para evitar a zona de rebaixamento na reta final. O time está em 13º lugar, com 40 pontos, a cinco do Z-4.

Do lado cruz-maltino, o técnico Joel Santana não confirmou a equipe, mas deve fazer algumas mudanças em relação ao time que empatou com a Ponte Preta no último sábado em São Januário. Com 55 pontos, o Vasco está atrás dos paulistas, que têm 61, e do Joinville, com 63, na liderança. Logo abaixo, o Avaí, último no grupo de classificação de volta à elite do futebol brasileiro, tem 52, seguido pelo Santa Cruz e Ceará, 51 e 50 pontos, respectivamente. Joel ainda lamenta as duas derrotas consecutivas das partidas no Nordeste – 1 a 0 para o Santa Cruz, 2 a 0 para o América-RN.

– Quando olhamos no retrovisor apareceram três atrás da gente. Todo mundo quer pisar no nosso calo. Tem duas equipes classificadas e duas vagas para seis equipes. Nove pontos já deve dar, eu acho. Para o Joinville falta uma vitória e para a Ponte, uma vitória e um empate. Quem tem que correr atrás somos nós e essa galera que vem atrás – disse o técnico do Vasco.Paraná x Vasco – Notícias e informações online da transmissão ao vivo – Campeonato Brasileiro 31/10/2014

A partida terá um trio de arbitragem paulista. Flávio Rodrigues Guerra apita, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto. O Premiere e o SporTV transmitem o duelo ao vivo. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances em tempo real, com vídeos.

Escalações

Paraná: o técnico Ricardinho definiu o time no meio da semana e não escondeu as mudanças. Saem o zagueiro Alisson, vetado pelo departamento médico, e o lateral-esquerdo Paulinho, que foi liberado pela diretoria. Entram Alef na zaga e Yan na lateral, que estreia no time. A escalação deve ser: Marcos; Chiquinho, Cleiton, Alef e Yan; Edson Sitta, Ricardinho, Lucio Flavio e Thiago Humberto; Carlinhos e Adaílton.

Vasco: o técnico Joel Santana deve fazer pelo menos quatro alterações em relação ao time que empatou com a Ponte Preta. Apenas uma por opção: a entrada de Carlos César no lugar de Diego Renan na lateral direita. Na zaga, Luan substitui o lesionado Douglas Silva. Já no meio, dois retornos: Douglas, após suspensão, e Pedro Ken, recuperado de um edema no ombro. O Vasco deve ir a campo com Martin Silva, Carlos Cesar, Luan, Rodrigo e Lorran; Guiñazu, Aranda, Pedro Ken e Douglas; Maxi Rodriguez e Kleber.

Desfalques

Paraná: O zagueiro Alisson está vetado pelo departamento médico.

Vasco: Jomar segue em recuperação de lesão. Já Douglas Silva sofreu uma grave torção no tornozelo direito na última rodada e também não joga. O garoto Lucas Crispim, com estiramento, é outro desfalque vascaíno para a partida.

Pendurados

Paraná: Arthur, Edson Sitta, Giancarlo, Thiago Humberto e Tiago Alves.

Vasco: Carlos César, Dakson, Diego Renan, Diogo Silva, Guilherme Biteco, Guiñazu, Henrique, Kleber, Marlon e Rodrigo.